be@t | Formação de Curta Duração

Boas Práticas na Gestão de Produtos Químicos mais Sustentáveis na ITV

Quero Inscrever-me!
Formadores:

Maria Queirós | UBI

Data de Início:

02 de maio de 2024

Investimento:

Gratuito

Duração:

05 horas

Modalidade:

On-line

Detalhes do Curso

Destinatários

Profissionais da indústria têxtil e vestuário que integram equipas na área de Ambiente, Energia e Manutenção

Objetivos

  • Conhecer regulamentação de produto químico mais sustentável na Europa;
  • Compreender as normas e regras para a sustentabilidade do inventário químico;
  • Identificar boas práticas sustentáveis de produtos químicos para a ITV.

Programa

  • Regulamentação de produto químico mais sustentável na Europa
  • Inventário químico: normas e regras para a sustentabilidade
  • Boas práticas: análise de casos práticos de seleção sustentável de produtos químicos na ITV

Coordenação Científica

Professor Nuno Belino | Universidade da Beira Interior (UBI)

Professora Teresa Raquel | Universidade da Beira Interior (UBI)

Cronograma

02 e 06 de maio de 2024

Horário

Das 14:00 às 16:30

Local

On-line

Data limite de Inscrições

23 de abril de 2024

Informação Adicional

Os requisitos de acesso e critérios de seleção constam nos Termos e Condições apresentados nesta página.

logo_fin_be@t

Receba todas as informações do projeto be@t – bioeconomy at textiles

Formadores

Conheça a formadora desta ação de formação

Maria Queirós

Licenciada em Engenharia Química e Gestão Industrial, pelo Instituto Superior de Paços Brandão (Aveiro), Técnica Superior de Segurança e Saúde Ocupacional pelo CATIM (Porto) e especializações na área ambiental.

Desenvolve projetos de consultoria e coaching, direcionado para o melhor desempenho financeiro empresarial e no âmbito da sustentabilidade ambiental, otimizando processos com troca/substituição de produtos químicos, entre outros elementos de impacto organizacional.

Desenvolve processos e fluxos de trabalho de melhoria contínua, com orientação de comunicação e estratégias para as alterações necessárias da cultura das empresas, de forma que estas concretizem os seus objetivos, fazendo-as chegar à respetiva certificação pela norma adequada e cumprimento dos seus objetivos.

Segue-nos na tua rede favorita